Header Ads

Anuncie aqui, Aqui todo mundo ver!

Permanece sem acordo

Professores do DF permanecem em greve!

                                                                                    Foto: Simpro DF


A Greve dos professore da rede pública de ensino do Distrito Federal parece não ser uma questão fácil de se resolver, em assembleia nesta quinta – feira (6) os professores decidiram por continuar a greve que já dura quase um mês, a greve teve início em 15 de março.

O GDF em tentativa de encerrar a paralização fez a proposta do pagamento de até R$ 100 milhões decorrendo da disponibilidade em caixa, para quitar débitos como, licenças-prêmio, a categoria permaneceu em não aceitar.

O governo ainda afirmo que não iria acolher a lei da terceirização na atividade, não encaminhara proposta de reforma previdenciária sem antes discutir com a população, e ainda afirmou que fará o pagamento dos dias parados pelos mesmos.

O sindicato fez voz através do professor Samuel Fernandes, as propostas oferecidas pelo GDF não atende as exigências da categoria, “Até hoje o governo não apresentou algo de concreto aos servidores”, disse Samuel. O GDF falou que devido a crise não tem como atender os demais pedidos da categoria.

Dia 27 passados, o TJDF estabeleceu que a greve dos professores seria inconstitucional, a justiça estabeleceu que a categoria deveria voltar imediatamente aos trabalhos, estabeleceu ainda o corte dos dias que os professores se mantiveram parados, caso houvesse desrespeito a multa prevista é de R$100 mil/dia.
  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.