Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Chape vence e torcida emociona na Arena Conda

Chapecoense vence em casa a equipe do Atlético Nacional e faz uma grande festa em homenagem ao “coirmão”



                                                                                                               Diego Padgurschi /Folhapress
           
Terça feira (4). Chapecoense e Atlético Nacional de Medelín (Colômbia), fizeram o primeiro jogo da final da Recopa Sul-Americana 2017 na Arena Condá, em um jogo de compadres a Chapecoense venceu por dois a um, gols de Reinaldo e Luiz Otávio.


A equipe do Atlético nacional de Medelín chegou a Chapecó na segunda feira, desde então uma serie de homenagens foi feita a eles, partindo da prefeitura, das autoridade e do moradores da cidade, em reconhecimento ao carinho que eles (Colombianos) prestaram a nação brasileira, devido o fatídico acidente que aconteceu com a delegação da Chapecoense em 29/11/2016.
                    
                                                                                      Nelson Almeida/AFP  
                                                              Delegação do Atlético Nacional sendo recebida 


O jogo


Aos 24 mim do 1º tempo João Pedro invade a área pela esquerda, conduz a bola para o centro e chuta. A bola bate no braço do lateral direito do Atlético Bocanegar, ao se jogar para tentar bloquear o chute, juiz aponta a marca da cal e Reinaldo converte deixando 1x0 Chape. Em desvantagem no placar o time colombiano sai em busca do resultado, conseguindo assim um equilíbrio na partida, somente aos 36 mim tem sua melhor oportunidade com Macnelly Torres que despara um chute da entrada da área que passa rente a trave.


2º tempo

O técnico Vágner Mancini é obrigado a fazer uma mudança, tira Douglas Grolli que sentiu problemas muscular e colocou Luiz Otávio, em nada mudou o ritmo de jogo do time de Chapecó, aos 10 mim quase ampliou com Tulio de Melo que iria receber cruzamento de Apodi, Bocanegra se antecipa e evita a conclusão do camisa 10. Aos 12 Apodi cruza novamente e a bola sobra para Arthur Caike que bate cruzado e resvala a trave do arqueiro Armani. Mas como já é de costume ouvir no futebol “quem não faz leva”, aos 14 mim a equipe de Medelín chega ao empate com o gol de Macnelly Torres, em jogada individual ele bate da entrada da área, Artur Moraes chega atrasado resvala na bola mas não consegue evitar o gol, 1x1 na Arena Conda, fato curioso é que a torcida da chape aplaude o gol do atleta do Nacional. O time visitante cresce com o gol, porém quando todos viam que o atlético iria crescer aos 29 minutos a chape faz seu segundo gol com Luiz Otávio, após cobrança de escanteio de Reinaldo Luiz dispara uma cabeça a meta do time colombiano e recoloca a Chape na frente do placar, nos minutos finais do jogo a o time de Chapeco sufocou o nocional que suportou.

Ao final da partida festa na Arena Conda com imagens da equipe no telão e a torcida ovacionando seus “heróis”.

A segunda partida da Final da Recopa Sul-Americana 2017 acontecera no dia 10 de maio na colombia, a equipe da Chapecoense vai ao jogo com a vantagem, espera-se uma grande festa da torcida do Nacional na partida.

FICHA TÉCNICA

Chapecoense 2 x 1 Atlético Nacional de Medelín


Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 4 de abril de 2017, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Mario Días de Vivar (Paraguai)
Gols: Reinaldo, aos 23 min do 1º T (CHP); Macnelly Torres, aos 14 min do 2º T (ATN); Luiz Otávio, aos 29 min do 2º T (CHP)
Cartões amarelos: Apodi (CHP); Bocanegra, Arias e Henriquez (ATN)

Chapecoense: Artur Moraes; Apodi, Douglas Grolli (Luiz Otávio), Nathan e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio (Moisés Ribeiro) e João Pedro; Rossi, Túlio de Melo (Wellington Paulista) e Arthur Caike
Técnico: Vagner Mancini

Atlético Nacional: Armani; Bocanegra, Aguilar, Henriquez e Díaz; Bernal (Mosquera) e Arías; Dayro Moreno (Ramirez), Macnelly Torres e Ibargüen (Arley Rodríguez); Ruiz
Técnico: Reinaldo Rueda












Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.