Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Conselho Especial do TJ absolve Celina Leão por ofensas contra Agnelo Queiroz


O Tribunal de Justiça do Distrito Federal absolveu, nesta terça-feira (7), a deputada Celina Leão (PPS), por ofensas que ela teria proferido contra o ex-governador Agnelo Queiroz, em 2015. Em entrevista ao jornal "Correio Braziliense", a parlamentar usou termos como "ladrão" e "bandido" em referência ao político. Cabe recurso.

O caso foi julgado pelo Conselho Especial, em segunda instância, e a decisão foi unânime entre os 16 desembargadores que participaram da sessão. Na visão dos magistrados, o posicionamento estava dentro dos limites da liberdade de expressão, e da função de Celina como deputada distrital.

A queixa-crime apresentada pelos advogados de Agnelo foi relatada pelo desembargador Getúlio de Moraes Oliveira – o mesmo responsável pelo processo do Palácio do Buriti que restabeleceu, de modo provisório, o reajuste das passagens de ônibus no último dia 24.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.