Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Concurso da PM-DF tem inscrições prorrogadas até 15 de fevereiro



As inscrições para o concurso da Polícia Militar do Distrito Federal que seriam encerradas nesta terça-feira (7) foram prorrogadas até as 22h do dia 15 de fevereiro. O motivo para a extensão, segundo a Secretaria de Segurança Pública, é a possibilidade de acréscimo no número de vagas imediatas e de cadastro de reserva que poderão ser designadas a partir deste edital.

De acordo com a secretária Márcia de Alencar, a pasta pode aumentar em 25% o número de vagas disponíveis e daquelas para reserva. No projeto inicial eram previstas 200 vagas para o curso de formação de oficiais da corporação. São 50 vagas imediatas e 150 para cadastro de reserva, todas exigindo nível superior.

"O adiamento é para qualificar melhor os quadros, porque tem uma disputa diferenciada, mas também busca usar o limite do banco de reserva, já que aumenta de modo preventivo a capacidade de contratar", afirmou a secertária.

Ela reconheceu que o adiamento também foi pensado para fazer frente ao quadro atual, em que mais militares pedem aposentadoria compulsória. Só neste ano, 908 policiais pediram aposentadoria. Em todo o ano passado, foram 1.079 pedidos.

A maioria busca se aposentar desde já para "escapar" da Reforma da Previdência, que pode aumentar o tempo de serviço. Atualmente, a PM conta com 12.306 militares. O déficit é estimado em 6 mil.


Veja detalhes


As inscrições devem ser feitas pelo site do Instituto Americano de Desenvolvimento, responsável pela realização do certame. No dia 22 de fevereiro, no site do instituto, será divulgada a lista das inscrições aprovadas e daquelas recusadas.

Os candidatos terão dois dias úteis para apresentar recursos. No Diário Oficial, o governo informa que as datas e locais das provas objetivas serão divulgadas provavelmente no dia 7 de março.
O concurso tem sete etapas previstas: prova eliminatória objetiva, prova discursiva, teste de aptidão física, exames biométricos, avaliação psicológica, investigação da vida do candidato e prova de títulos. O processo tem validade de dois anos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.