Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

→ Teori Zavascki morre após queda de avião em Paraty │ ACONTECE HOJE

Nome do ministro do Supremo, responsável pela Lava Jato na corte, consta da lista de passageiros



Descritor da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Teori Zavascki faleceu na tarde desta quinta-feira (19), aos 68 anos de idade, depois que o avião caiu em Paraty, no litoral sul do Estado do RJ. A morte de Teori foi informada pelo filho do magistrado Francisco Zavascki em uma mídia social. 
"Caros colegas, agora pouco recebemos a confirmação de que o pai morreu no trágico acidente do avião que caiu em Paraty no Rio de Janeiro! Agradeço a todos pela energia positiva e mensagens de solidariedade!". 
O filho de Teori também postou a seguinte mensagem no Facebook: "Amigos, infelizmente, o Brasil estava no avião que caiu! Por favor, orem por um milagre de Deus".

Teori



Na metade da tarde desta quinta, chegou ao STF a notícia de que o nome do ministro estava entre os passageiros da aeronave que caiu próximo do litoral fluminense. A nomenclatura foi enviada para a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, e ao mesmo tempo para o presidente da República, Michel Temer.
A Infraero disse que o avião prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, na capital de SP. O avião é de pequeno porte e tem espaço para oito pessoas. De acordo com funcionários do aeroporto de Paraty, o avião caiu no mar por volta das 13h30, momento aquele em que chovia muito forte na região.
A Anac noticiou que a documentação da aeronave estava licenciada, com o certificado válido até abril de 2022 e inspeção da manutenção (anual) válida até abril de 2017.
O proprietário e operador da aeronave é o Hotel Emiliano, segundo dados de abril de 2016 disponíveis no Registro Aeronáutico Brasileiro, documento divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que junta uma relação de todas as aeronaves nacionais certificadas pela Anac.

SOBRE TEORI ZAVASCKI


Viúvo desde 2013, o ministro que morreu deixa três filhos. Ele conquistou seu cargo de ministro do STF em 2012 por recomendação da então presidente da República, Dilma Rousseff.
Natural de Faxinal dos Guedes (SC), Teori também foi ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), dirigiu o Tribunal Regional Federal da 4ª região (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) entre 2001 a 2003 e exerceu como juiz do Tribunal Regional Eleitoral na década de 1990.
Ele avançou na carreira jurídica em 1971, em Porto Alegre, como advogado formado do Banco Central, onde trabalhou por 7 anos. No anos 80, o magistrado se mudou para a superintendência jurídica do Banco Meridional do Brasil.













Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.