Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

→ Garoto de 6 anos baleado na BR-070 sai da UTI, "estamos bem mais aliviados" diz pai │ ACONTECE HOJE


Boa notícia para o pequeno Luís Guilherme Caxias, 6 anos. Baleado pelo agente de custódia Sílvio Moreira Rosa, 54 anos, em 6 de janeiro, o garoto teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Santa Helena, na tarde desta segunda-feira (23/1). A informação foi confirmada polo pai da criança, o brigadista Erlon Caixas, 29 anos, à reportagem do Metrópoles.

Em poucas palavras, Erlon disse apenas que Luís Guilherme está bem, já fala com os familiares, mas não há ainda expectativa de alta hospitalar. Além disso, os médicos descartaram outro cirurgia. “Estamos bem mais aliviados e felizes, está tudo indo bem, graças a Deus”, disse Erlon.

Procurada pela reportagem, a assessoria do hospital não deu outros detalhes sobre o quadro de saúde de Luís Guilherme.



O caso

O crime ocorreu próximo a Águas Lindas de Goiás (GO). Segundo a versão do pai do garoto, o agente fez vários disparos contra o carro da família sem nenhum motivo, durante uma ultrapassagem na BR-070. Um deles atingiu a criança, que ficou com uma bala alojada no coração.

O acusado Sílvio Moreira Rosa está preso em Goiânia (GO). O agente, lotado no Centro de Progressão Provisória do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), tem um histórico de violência e chegou a ser demitido da Polícia Civil por tentativa de fraude em aposentadoria. No entanto, acabou reintegrado à corporação pelo então governador Agnelo Queiroz, no apagar das luzes de 2014.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.